amor

35 coisas que William Shakespeare pode nos ensinar sobre o amor

O amor é o grande responsável pela felicidade das pessoas. Quem ama de verdade eleva a sua vida a outro nível e encontra-se sempre nas alturas.

Pensando neste contexto, resolvemos ir atrás dos ensinamentos de uma autoridade neste assunto, alguém que até hoje consegue inspirar e ensinar muito sobre o amor. Esta pessoa é um poeta em que seu legado resistiu tempos e gerações, o grande William Shakespeare.

Neste artigo, fragmentamos cada parte de um dos seus poemas mais famosos, ‘O Menestrel’, e o dividimos em 35 lições. Em cada uma delas, deixamos o nosso entendimento e tentamos adaptar, o máximo possível, as nossas opiniões para o campo de relacionamentos amorosos. Ainda assim, você também encontrará lições sobre a amizade e outras coisas da vida.

Esperamos que após esta leitura, você consiga enxergar as coisas através de um ângulo diferente. E que estes ensinamentos lhe ajudem a sempre fazer a coisa certa. No final do texto, disponibilizamos um vídeo narrando o poema em questão.

Se você gostaria de aprender estas lições sobre o amor para poder entender a importância dele na sua vida, então continue lendo este material.

Aqui você irá encontrar:

li 35 coisas que William Shakespeare pode nos ensinar sobre o amor
li Vídeo sobre ‘O Menestrel’


Gostou do tema que será abordado?
Então compartilhe esta publicação com os seus amigos, dividir o nosso conhecimento é sempre o melhor presente que podemos dar as pessoas.

li Facebook (todo mundo usa)

li Twitter (mais rápido de visualizar)

li Google+ (os profissionais usam mais)

35 coisas que William Shakespeare pode nos ensinar sobre o amor

amor

(1) “Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.”

As grandes propostas de um relacionamento são poder fazer coisas incríveis com a outra pessoa e ter alguém sempre com quem contar.

A partir do momento que colocamos em prática a desconfiança, o ciúme excessivo e impomos um controle, estamos tirando a liberdade da pessoa amada, sufocando-a e transformando a vida dela um verdadeiro caos.

O certo seria sempre tirar o melhor da pessoa amada, ajudá-la em seu crescimento. Ao invés, de sempre deixá-la para baixo devido à relutância em dar um voto de confiança.

E quando se é tarde demais, voltamos a si e percebemos o tamanho do erro e os exageros que cometemos.

(2) “E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.”

Em algumas vezes, a pessoa acomoda-se na relação e usa o seu amor como um trampolim. Deixa que apenas ele faça por onde no relacionamento.

Evite cair neste comodismo, por mais longa que seja a sua relação tente não cair na rotina. Faça pequenas surpresas, demonstre sempre o seu amor!

Pois, não é porque a pessoa estar há muito tempo com você que ela está satisfeita com a relação. Por isso, atente-se sempre em pensar pelos dois. Cuide bem do seu amor, para ele se sentir sempre feliz de ter você ao seu lado.

(3) “E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.”

Precisamos valorizar a pessoa que amamos. Beijos e presentes não são suficientes para sustentar uma relação.

Temos que ter o comprometimento, cumplicidade, respeito, confiança e acima de tudo sempre demonstrar o quanto amamos o nosso amor.

(4) “E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.”

A vida é feita para se viver e adquirir experiências, e muitas vezes entramos em uma relação que não durará para sempre, e sim o tempo necessário para nos ensinar algo.

Após tentar de tudo e o relacionamento não ter mais volta, temos que seguir em frente. Se ficarmos nos lamentamos e sem vontade de fazer mais nada, deixamos de desfrutar e abrir a porta para novas experiências.

O amor simplesmente não espera e nem pede passagem, ele apenas acontece. Então, temos que estar sempre prontos para seguir adiante.

(5) “E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.”

O pensamento de “não deixar para fazer amanhã o que dá para fazer hoje” é extremamente coerente.

Hoje pode estar tudo propício para obter o êxito nesta tarefa, mas amanhã não tem como sabermos.

Não deixe de expressar o quanto você ama uma pessoa, se demorar muito, pode ser tarde demais para conquistá-la.

(6) “Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.”

Com a maturidade descobrimos os riscos e efeitos que nossas ações podem ter. E devemos aproveitar disto para sempre fazermos as coisas certeiras.

Levando isto ao campo de uma relação, sabemos que alguns tipos de atitudes podem nos expor e levar aos erros.

(7) “E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam…”

Você já se envolveu com alguém que realmente não te dava valor? Pois bem, realmente há pessoas que por mais que a gente as der o mundo, elas realmente não se importam.

A partir deste ponto, devemos fazer a reflexão se realmente vale a pena continuar com uma pessoa que estar com a gente apenas para passar o tempo.

(8) “E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.”

Até as pessoas boas erram, afinal de contas elas também são seres humanos. É de nossa natureza errarmos.

Portanto, aprenda a perdoar! Não perca uma pessoa amada por causa de um erro. Todos sempre merecem uma segunda chance.

amor

(9) “Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.”

Não existe coisa melhor do que colocar tudo para fora. Acabamos tirando um peso enorme dos nossos ombros ao dividir esta dor com outra pessoa.

Caso você precise conversar sobre o que te incomoda no campo do amor e quer um conselho sobre isto, contrate o Conselho Premium. Saiba mais >>

(10) “Descobre que leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la. E que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.”

Quando estamos com alguém, precisamos sempre lembrar que a confiança é um dos pilares mais importantes de um relacionamento.

Sem ela, nenhuma relação se desenvolve saudavelmente e acabamos virando vítimas de uma situação criada por nós mesmo.

Sempre devemos agir corretamente com a pessoa que amamos, pois estamos com ela porque queremos!

(11) “Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.”

Quando temos uma grande amizade, passamos horas conversando com a pessoa, mas parece que se passam apenas alguns minutos. Como tivéssemos imunes aos efeitos do tempo.

E este mesmo efeito é capaz de superar também a barreira da distância. Nada pode impedir uma grande amizade de continuar crescendo.

(12) “E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem da vida.”

Precisamos valorizar mais as pessoas do que os bens materiais. Tenha certeza que eles não irão te trazer tanta felicidade do que ter uma pessoa ao seu lado.

Não deixe o seu trabalho e a sua ambição atrapalharem a sua relação com as pessoas que realmente te amam. Sem elas, você não é nada.

(13) “E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.”

Valorize os seus amigos, pois foi você quem os escolheu! E estas escolhas são o reflexo das pessoas que queremos em nossas vidas!

(14) “Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam. Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.”

Principalmente em amizades de longas datas, é inevitável que ao longo do tempo os nossos amigos mudem. Pois, eles tiveram novas experiências, as quais modelam a personalidade de qualquer pessoa.

Devemos sempre entender isto e ser receptivos com as mudanças.

Assim como, percebemos o quão grande é uma amizade a partir do momento que qualquer coisa ao lado da pessoa é algo extremamente agradável!

(15) “Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa – por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a ultima vez que as vejamos.”

Evite brigas sem necessidade, não cultive desavenças. A pessoa fez algo que você não tenha gostado? Tente relevar! Ela pode estar tendo um dia difícil ou passando por algum problema.

Quando estamos de bem com quem amamos, nos sentimos mais leves e propícios a realizar nossas tarefas do dia a dia.

(16) “Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.”

Você está passando por um momento complicado? Não deixe este momento definir a pessoa que você é.

Muitas vezes, quando passamos por situações difíceis em nossas vidas, acabamos deixando isto refletir no nosso relacionamento. Tente evitar a todo custo, pois a pessoa amada não tem culpa pelo que você está passando.

Ao se abrir com ela, você pode encontrar alternativas de como resolver seus problemas e saber que tem alguém sempre ali quando precisa.

(17) “Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.”

Quem nunca desejou ser parecido com a pessoa que admira? Quem nunca achou que tem algo de errado consigo?

Estes tipos de pensamentos são mais comuns do que se imagina. Entretanto, temos que entender que somos únicos! Somos especiais exatamente ao nosso jeito!

Potencialize as suas qualidades, reconheça e tente mudar os seus defeitos. Tente apenas ser o melhor que se pode ser e não melhor do que uma determinada pessoa.

(18) “Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.”

Não fique se lamentando por não ter se tornado o que planejou para si. Deixe simplesmente as coisas acontecerem, pois no momento certo iremos colher os frutos que plantamos.

Tente também viver o agora, se focar apenas no amanhã, perceberá o quanto a vida passou aos seus olhos e quantas coisas poderia ter feito!

(19) “Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo. Mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.”

Precisamos sempre ter planos, por mais longe que tenhamos chegado nunca devemos nos acomodar. A acomodação pode colocar tudo a perder.

Podemos trazer este ensinamento para o campo amoroso. Se você conseguiu conquistar o amor da sua vida, isto de fato é uma grande vitória. Mas, apenas a conquista em si não é o suficiente para sustentar o relacionamento. Temos sempre que amar como se fosse a primeira vez!

Ah, você ainda não chegou lá? Não conquistou o amor da sua vida? Então, não fique parado, também não se acomode! Saía com seus amigos, conheça pessoas novas e quando menos esperar, irá viver uma linda história de amor.

amor(20) “Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.”

Devemos evitar agir por impulso, a impulsividade pode causar vários transtornos em uma relação. E não existe uma verdade absoluta, você pode está certo e o seu amor também!

E reconhecer isto não quer dizer que você seja uma pessoa fraca, e sim, uma pessoa coerente!

(21) “Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências.”

Quantas vezes as pessoas não fazem a coisa certa por temer as consequências? Mas, o que elas não sabem é que não fazer a coisa certa também tem as suas consequências.

Tais como noites sem dormir, a pessoa amada descobrir o seu erro através de terceiros e por aí vai…

(22) “Aprende que paciência requer muita prática.”

Para que o nosso relacionamento ande nos trilhos, temos que ter bastante paciência. Pois, apenas com o tempo o casal vai alinhando o seu jeito de ser.

E a paciência, que em toda a situação é uma virtude, demora muito para adquiri-la. A tendência é que quanto mais jovem a pessoa for, menos paciência terá. Mas nada como o tempo para aprender.

(23) “Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.”

Nunca julgue um livro pela capa, assim como uma pessoa pela aparência, pelo jeito dela ou pelo que você acha que ela pensa a seu respeito. Até mesmo alguém que algum dia já te magoou, pode ser quem você mais contará quando precisar.

(24) “Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.”

Para ser experiente não importa que você seja uma pessoa mais velha ou nova. Muitas pessoas jovens já vivenciaram tantas coisas que logo as colocam na frente de outras mais velhas, as quais não se ousaram a arriscar e nem ter novas experiências.

Independente da sua idade, não deixe de vivenciar coisas novas, arrisque-se sempre que puder. Tenta extrair o máximo que puder do seu cotidiano, para depois não se arrepender de ter deixado de fazer muitas coisas.

(25) “Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.”

A gente nunca percebe, mas quem está de fora sabe que muitos dos nossos jeitos, atitude e valores vêm de nossos pais.

Valorize eles, pois são a base da nossa vida.

(26) “Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.”

Não devemos dizer uma coisas dessas apenas para uma crianças, na verdade, não devemos impor limites em ninguém.

O ser humano é gigante por natureza, ele é capaz de fazer coisas fantásticas quando ninguém mais espera. Ao limitar uma pessoa, podemos ser os grandes culpados para que ela não realize grandes feitos.

Por mais absurdo que seja o sonho dela, devemos sempre incentivá-la! Ela poderá fazer coisas incríveis!

(27) “Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.”

Quem nunca descontou a sua raiva em uma pessoa amada? Precisamos entender que ninguém é obrigado a aceitar as nossas grosserias nos momentos em que estamos nervosos.

Pois são em momentos como estes que podemos colocar tudo a perder. E depois poderá ser tarde demais para se arrepender.

(28) “Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.”

Esta citação por si só, já é extremamente completa.

(29) “Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.”

Os nossos erros são inevitáveis, entretanto fazem partem do nosso aprendizado. Se o erro é reconhecido, estamos dispostos a não cometê-lo mais e conversamos sobre ele com a pessoa que magoamos, temos que deixá-lo no passado.

Não vai adiantar se culpar por algo que passou e principalmente se teve a hombridade de admitir que errou. Porque a mágoa só consome a pessoa e faz muito mal. Se dê sempre uma segunda chance.

(30) “Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.”

Julgar uma pessoa amada ou qualquer outra é a pior coisa que pode ser feita. É muito fácil apontar os defeitos das pessoas, porém difícil reconhecer os nossos.

Ao invés de julgar, não seria melhor estender a mão para procurar ajudar a pessoa a corrigir o seu erro? O que plantamos hoje, colhemos amanhã.

(31) “Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não para que você o conserte.”

Todo mundo sofre por amor e este sofrimento muitas vezes vem de forma devastadora, capaz de deixar a pessoa sem reação para qualquer coisa.

Mas, temos que entender que o mundo não gira ao nosso redor, o contrário é um pensamento extremamente egocêntrico. Por isso, não adianta ficar em cima de uma cama se lamentando, por mais difícil que seja, temos que nos levantar e seguir com a vida.

Não existe outra forma de recuperar-se de uma desilusão amorosa, do que fazer coisas. Ao ficar parado, só iremos ver tudo mudar, menos a gente.

(32) “Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.”

Por mais irônico que possa parecer, aprendemos com o tempo que o mesmo é imparável! Devemos sempre tentar fazer a coisa certa e estar disposto a correr atrás da pessoa que ama.

amor(33) “E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.”

Quando superamos as decepções amorosas, percebemos o quão fortes somos. E consequentemente ficamos mais confiantes e esperançosos em encontrar um amor de verdade.

Quando temos ciência da nossa força, somos imparáveis!

(34) “E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!”

A vida é a maior dádiva que uma pessoa pode receber, cada uma é extremamente especial e única.

Quando você estiver por baixo, lembre-se que têm pessoas que querem o seu bem. Você pode ser o mundo delas!

Tenha confiança em si, seja o personagem principal da sua vida e não a plateia. A partir daí, perceberá o quão único é!

(35) “Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.”

Você gosta de uma pessoa e acaba desistindo dela por ter medo, vergonha ou achar que tem algo de errado consigo?

Não deixe essas coisas atrapalharem os seus planos! A nossa insegurança só faz com que deixamos de viver novas experiências. Por mais que no final das contas não consigamos conquistar aquela desejada pessoa, pelo menos adquirimos atalhos para acertar em uma outra investida com um outro alguém.

Portanto, sempre se arrisque! Tem que tentar sempre, o máximo que pode acontecer é você conquistar um grande amor!

Vídeo sobre ‘O Menestrel’

Vídeo do canal Universo Filosófico

Conclusão

amor

Os ensinamentos de William Shakespeare realmente são fantásticos, tentamos pôr o nosso entendimento e adaptá-lo ao tema que propomos.

Em alguma dessas 35 lições, você entendeu algo diferente ou discorda de algum ponto de vista nosso? Então, deixe a sua opinião nos comentários.

Esperamos que esse artigo contribua de alguma forma na sua vida! Porque o amor nos proporciona experiências e sensações únicas!

Se você gostou, não esqueça de compartilhar essas lições com os seu amigos:

li Facebook (todo mundo usa)

li Twitter (mais rápido de visualizar)

li Google+ (os profissionais usam mais)


NOVIDADE: Você precisa de um conselho e tem pressa para uma resposta? Chegou o Conselho Premium, a sua dúvida amorosa respondida em até 72 horas. Saiba como >>
Vote neste conselho

Sou o conselheiro deste site e colunista do portal iG, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

conselhos@conselhosamorosos.com.br

Deixe um comentário