insegura com o meu corpo

Ele faz me sentir insegura com o meu corpo

Pergunta: Eu sempre fui uma pessoa confiante, gostava do meu corpo e me sentia bem com ele, apesar de não ter as medidas perfeitas. Sempre fiz o tipo de mulher sedutora, gostava de causar isso nos homens e me sentia poderosa.

Conheci meu atual namorado e todos falam o quanto ele é bonito, no começo eu também fiquei maravilhada, não só com a aparência, apesar também dele malhar e ser forte, mas com a educação, o amor que ele tem aos animais e tudo me fez ficar encantada.

No começo do namoro, eu jogava meu charme e fazíamos muitas loucuras, mas com o passar do tempo ele começou a me falar o quanto detestava pessoas gordas, isso de certa maneira me incomodava. Eu fui muito gordinha na pré-adolescência e sofri muito para emagrecer.

Ele começou a fazer comentários de brincadeira sobre algumas das minhas gordurinhas, e até então eu também levava na brincadeira, nunca me achei gorda. Olhando no face dele vi a sua ex, e ela era modelo, muito magra e bem alta, totalmente o contrário de mim.

Conversando mais e convivendo, ele começou a falar de coisas que gostava e não gostava na cama, e nada que ele falava era como eu gostava de ser. Ele gosta mais do tipo menininha meiga e eu não sou assim, até comprei umas calcinhas de algodão mas me corta o coração ver minhas rendas mofando na gaveta. Em uma conversa ele falou que preferia seios pequenos, e os meus são bem fartos, acho que foi o ponto máximo, comecei a ficar deprimida e me achar feia, mesmo indo na academia todos os dias, não me sinto bem nua. Quase não consigo me ver no espelho, não o procuro mais na cama e sexo só de luz apagada.

Já falei com ele sobre isso, ele fala que me ama e que gosta do meu corpo, mas não adianta, continuo com isso na cabeça.
Me ajude, devo terminar por causa de toda essa diferença? Eu o amo, mas não estou suportando mais isso.

Adriana, 26 anos.


Resposta: Existem 2 tipos de pessoas para um relacionamento: a que consegue elevar ao máximo as qualidades da pessoa amada e a que deixa a ‘pessoa amada’  lá embaixo.

Amar não se resume apenas em dizer te amo. É algo muito mais grandioso do que meras palavras. É o sentimento mais puro que se possa existir. E quando existe, a gente não consegue enxergar defeitos em quem amamos e procuramos sempre fazer tudo pela outra pessoa.

No seu caso, o seu parceiro está sendo exatamente o tipo de pessoa que te incompleta. Mas, isso não quer dizer que não possa ser mudado. Tente conversar novamente, explicando com todas as letras que ele precisa mudar de atitude, pois está fazendo com que você se sinta desconfortável.  Pois, não adianta prosseguir em uma relação onde sofremos e não nos sentimos bem conosco.

Muitas vezes, precisamos chocalhar a outra pessoa com uma ‘DR’ (Discussão de Relacionamento), para que ela consiga entender exatamente o que está nos incomodando e o que precisa ser feito para o bem da relação.

 

NOVIDADE: Você precisa de um conselho e tem pressa para uma resposta? Chegou o Conselho Premium, a sua dúvida amorosa respondida em até 72 horas. Saiba como >>
Vote neste conselho

Sou o conselheiro deste site e colunista do portal iG, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

conselhos@conselhosamorosos.com.br

comentários
  • Filha, ele disse claramente que aprecia seios pequenos e os seus são maiores. Ou seja, ele ‘gostaria’ talvez que você fosse ‘diferente’ do que é. E, então sejamos honestos aqui, ele deve estimá-la, mas jamais, jamais que se o amor fosse a primeira coisa em que ele pensasse, isso passaria pela cabeça dele.
    Eu romperia com ele imediatamente. Você fica livre e encontra quem a aprecie de verdade, inteirinha como você é.

     
    14 de março de 2016

Deixe um comentário