liga pra mim

Liga pra mim, não, não liga pra ela…

Pergunta: Oi, eu preciso de um conselho! Eu conheci um menino no ano passado, e ele simplesmente se apaixonou. Eu tinha acabado de sair de um relacionamento, então não tinha o mesmo sentimento. Ele mora em outra cidade! Até que ele sempre me cobrou as coisas, falando que eu não dava valor. E eu acabei me apaixonando, mas sempre escondendo.

Quando tomei coragem pra falar, ele simplesmente ignorou. Hoje somos amigos, pelo menos pra ele, eu ainda o amo. Conversamos o dia inteiro e ele me pede conselhos, pois gosta de outra pessoa. Até que ele conversou com essa menina e ela disse que não quer nada com ele, apenas amizade! Ele fica o dia inteiro falando dela e eu fingindo que não estou ligando, mas no fundo estou morrendo. Eu não sei oque fazer, se devo ignorar, abandonar. Até porque não estou conseguindo.

Rafaella, 17 anos.


Reposta: Querida Rafaella, a relação de vocês começou do inverso:  primeiro a paquera e depois a amizade. Geralmente, o ciclo é ao contrário. Aparentemente, a paixão dele esfriou… Mas, ela pode ainda estar oculta. Muitas vezes, a melhor solução é ser direta e abrir o jogo! Explique que no passado vocês não tiveram ‘aquele lance’ em virtude do momento em que você estava passando. E que agora você está tão na dele…

 

NOVIDADE: Você precisa de um conselho e tem pressa para uma resposta? Chegou o Conselho Premium, a sua dúvida amorosa respondida em até 72 horas. Saiba como >>
Vote neste conselho

Sou o conselheiro deste site e colunista do portal iG, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

conselhos@conselhosamorosos.com.br

comentários
  • Amada, de pretendente, se permitiu a passar à condição de como uma irmã mais velha, conselheira e ouvinte-confidente?? A ação continua sendo sua, linda. Aja diferente e obtenha resultados diferentes, já que ouvir confidências (de quem quer que seja) é sempre opcional, não é mesmo?

     
    14 de março de 2016

Deixe um comentário