esquecer a minha ex-namorada

Tem como esquecer a minha ex-namorada e dar chance para um novo amor?

Pergunta: Minha ex-namorada terminou comigo há mais ou menos 2 anos. Eu sentia que o relacionamento estava enfraquecido, mas ainda tentava lutar para que não acabasse. Porém, ela não quis mais nada comigo, terminou e pediu para que eu respeitasse a sua decisão.

Eu respeitei e deixei-a ir. Mas, nesses últimos tempos, jamais consegui tirá-la da cabeça, toda vez que pensava em uma mulher. Trabalho e pratico atividade física, de vez em quando, e saio com meus amigos quando posso e quando tenho vontade de me distrair e bater um papo.

Confesso que já tentei outros relacionamentos, mas não deu certo pelos meus pensamentos estarem nela e terminei todos. E para me deixar mais frustrado, soube que ela noivou. Contei isso para alguns de meus amigos sobre a minha situação e eles até, de certa forma, me xingavam de idiota por estar concentrando meus pensamentos nela e esquecendo que há outras mulheres tão boas ou até melhores que a minha ex, segundo a opinião deles.

Eles estão certos? É possível deixar de lado um pensamento em uma mulher para se abrir para outra mulher?

Fernando, 29 anos.


Resposta: Os seus amigos estão mais do que certos! Nada melhor do que pessoas que se preocupam com a gente para abrir os nossos olhos.

A sua ex-namorada que terminou o relacionamento e está noiva de outra pessoa, quais motivos mais você precisa ter para esquecê-la?! Em casos como este, tente se desfazer de todas as coisas que lembrem dela e se puder, até evite contato com ela. Depois, segue o jogo! Tente evitar deixar a mente parada, pois ela pode ser uma ferramenta muito perigosa! Tente ocupar o seu tempo o máximo que puder, e saía mais! Conheça novas pessoas, faça coisas que te alegre e deixe o destino fazer a parte dele! Quando você menos esperar, vai conhecer uma pessoa que te faça feliz.

Sim, tem como esquecê-la e dar uma chance para um novo amor. Mas, só depende de você!

 

NOVIDADE: Você precisa de um conselho e tem pressa para uma resposta? Chegou o Conselho Premium, a sua dúvida amorosa respondida em até 72 horas. Saiba como >>
Vote neste conselho

Sou o conselheiro deste site e colunista do portal iG, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

conselhos@conselhosamorosos.com.br

comentários
  • Oi Fernando, como prometi… voltei…ainda não tenho como tirar uma prova definitiva, pq não haverá chances …mas acho q desencantei…
    Não sei se foram as circunstâncias, mas só enxergava ele na minha frente… pensava nele 24h…um tormento…me afastei..fui apagando todas as fotos/lembranças q tinha aos poucos… Até um vídeo pra mim ele tinha feito e mandado (na base da amizade)..as vezes não acredito como fui tola em me agarrar…em nada de concreto…
    O sofrimento pelo qual ele me fez passar…por nada…brincando e fazendo algazarra com todos na minha frente… e comigo…nem as msgs respondia…cheguei a mandar um zap pra ele dizendo q sentia mto se cheguei a ser inconveniente em algum momento…q sentia mto se fiz qqer coisa q tivesse desagradado…enfim acho q só nao pulei da ponte com uma carta de amor embalada num plástico(dizendo q estava morrendo, mas q continuaria amando ele)… pq o resto eu fiz…
    Bom o q está feito não se desfaz… não tenho vergonha de ter me declarado, pq fui sincera em meus sentimentos…
    Fiquei mto triste mesmo…a vida perdeu o colorido…mas fingi q não… fingi q estava td bem…só q eu acreditava q ele gostava de mim…q eramos destinados um p o outro, não conseguia enxergar a realidade….e depois de ser ignorada aos extremos…comecei a me sentir constrangida…sem lugar…me senti completamente isolada… sem fazer parte da estória daquele lugar…daquelas pessoas q conviviam e adoravam e eram adoradas por ele…
    Então encontrei o Aconselhador… suas palavras foram abrandando meu sofrimento… seus conselhos me trouxeram de volta a realidade…sua sabedoria resgatou a minha auto estima…meus sorrisos voltaram a ser reais, e passear pelo site alem de super interessante é gratificante…bom nao sei se estou ajudando, mas é bom saber q alguem leu o q vc escreveu…agora devido ao trabalho, o vejo esporadicamente… e meu coração não pula mais…não fico ansiosa… consigo cumprimenta-lo como qqer pessoa, mas não passa disso…e tbm não fico imaginando q poderia acontecer algo mais…não sinto amor, nem fico aborrecida…só as vezes meu coração fica tristinho por eu ter entregado ele todinho para uma pessoa q não se importou com o qto ele valia…
    Não quero amar ninguém…por enquanto quero me dedicar as minhas atividades físicas(q prático no mar, RS..amo.. mto legal) e ao meu trabalho… gosto de dar o melhor de mim em td q faço…. Mas com certeza absoluta essa pessoa não terá a mínima chance de se aproximar de mim…nem como amigo…não o vejo mais como uma pessoa legal…consegui me libertar daquele sentimento q me fazia mal…mas somente com a ajuda do Aconselhador. Felicidades Fernando!
    E obrigada Aconselhador.. por sua causa… consigo ver arco iris todos os dias…bjo!

     
    5 de maio de 2016
  • Fernando estou na mesma situação, é um sentimento horrível q está drenando minha energia… se compara a uma “sindrome de Estocolmo” pelo rejeitador… sei lá… cria-se uma dependência unilateral por quem nos rejeitou, excluiu das suas vidas, fechou as portas com cadeados…”com licença não apareça mais na minha frente “, respeite a minha decisão, não faça mais parte da minha vida…isso não entra na minha cabeça… É uma tortura…já mudei o trabalho p outra cidade… para não vê-lo…então cai em tentação é perguntei p uma amiga se ele falou alguma coisa…nem perguntou por mim….acho q nem sentiu minha falta…
    O pior é q ele nem é um homem q chamaria minha atenção numa situação normal…e eu poderia até escolher quem eu quisesse…mas minha mente fechou… Não aceita ninguém… Parece q busco esse sofrimento… Acho q rejeição é um sentimento horrível… q aprisiona….e joga as chaves fora…não sei como lidar com isto… Sigo minha vida…. mas meu coração dói… é uma mistura de vergonha por ter sido rejeitada…com medo de perda do vínculo… com a sensação q nunca vou ser boa o suficiente… para aquela pessoa q não me merece…
    Isso não ” desagarra “de mim…aí fico achando q vai ser pelo resto da minha vida…
    Fico imaginando q um dia ele vai me procurar… apaixonado….
    Boa sorte na sua desvinculação….se eu conseguir descobrir uma maneira…falo aqui …

     
    20 de abril de 2016

Deixe um comentário