ele me usou

Ele me usou, mas ainda estou apaixonada

Pergunta: Conheci esse menino no 1° ano do ensino médio, não me lembro exatamente como, mas ficamos muito amigos, praticamente melhores amigos. Passei por uma época em que gostava dele, mas não tinha certeza de meus sentimentos, apenas que estava afim dele.

Ele não demonstrava a mesma coisa e com o tempo passou a gostar de mim também. Nós ficamos e ele disse que estava apaixonado por mim. O problema aconteceu aí, porque achei que as coisas estavam indo muito rápidas e disse pra ele que não queria nada sério. Ele me entendeu e voltamos a ser amigos.

O tempo passou e conheci outros meninos e ele outras meninas. Pensei que tínhamos deixado aquilo pra trás, porém nos aproximamos novamente e ele disse que não tinha me esquecido, e que ainda era apaixonado. Eu o magoei, pois disse que não queria nada. Eu gostava dele, mas era muito nova pra entender isso.

Sugeri que nós nos afastássemos e então isso aconteceu. Passamos meses sem nos falar e pra mim tudo estava bem. Até que ele arranjou uma namorada. Eu sentia muitos ciúmes e não suportava vê-la com ela. A ideia dos dois juntos me magoava muito e odiava a menina. Porém ele estava muito apaixonado por ela, então eu tinha pra mim que perdi a minha chance.

O tempo passou e ele foi feito de bobo nas mãos dela. Ela o traiu com o melhor amigo, o qual é uma pessoa totalmente diferente do que dizia ser. Eles ainda tentaram novamente, o que me deixou com mais raiva ainda. Porque ele só estava sendo feito de idiota. Mas não havia nada que poderia fazer, pois nós nem mesmo conversávamos direito.

Ela o magoou de novo e ele não suportou. Virou uma pessoa totalmente diferente. O menino carinhoso e atencioso que conheci se tornou frio e só queria saber de ficar com um monte de meninas. Achei que podia ajuda-lo e virei sua amiga de novo. Nós conversávamos como antigamente e achei que ele podia estar começando a gostar de mim novamente, mas não.

Ele só me usou e me fez de idiota que nem eu tinha o feito um dia. Fiquei com muita raiva e parei de falar com ele de novo. Mas, depois de um tempo achei que não ligava mais, então só deixei pra lá.

Temos muitos amigos em comum e estudamos ainda na mesma sala, portanto não tinha porque excluí-lo totalmente da minha vida. Hoje, somos só colegas e por mim tudo bem. Entretanto, não consigo evitar de sentir algo.

Apesar de tudo, ainda gosto dele como nunca gostei de ninguém e sei que ele não gosta de mim. Só que não tenho como evitar. Tento me envolver com outras pessoas, mas nenhuma faz me sentir como ele me fez.

Não sei mais o que fazer. Ele não liga mais pra mim e não liga pra ninguém. Só que gosto dele. Ainda estou apaixonada. Apesar de sempre tentar esquecê-lo ficando com outras pessoas. Ele sempre volta pra minha cabeça. É uma pessoa totalmente diferente do que antes e mesmo assim eu não ligo.

Eu ainda sinto ciúmes e gosto dele. Não sei o que fazer. Devo desistir ou insistir?

Lílian, 18 anos.


Resposta: A paixão é algo complicado, muitas vezes não passa de uma mera ilusão. Por mais que aceitamos que a pessoa não é mais a mesma, a paixão trata de interferir e criar uma “miragem”.

Por mais que você negue, ainda o enxerga como aquele menino de outrora, carinhoso e atencioso. Aí mora a raiz do problema, vale a pena arriscar tudo por uma pessoa que não é mais a mesma? O que temos a ganhar? Ilusão?! E ainda assim, será que os erros do passado serão superados? Será que ele irá voltar a ser do jeito que te cativou?

São perguntas que remetem a várias possibilidades, as quais jamais poderemos ter certeza. Podemos fazer duas escolhas: ser cauteloso ou pagar pra ver. Se escolher a primeira opção, então já podemos saber que você acredita que todo esse conjunto de fatores não vai dar certo. Se escolher a segunda, você pode se expor muito e acabar se magoando. Quando digo se expor, falo que teria que procurá-lo para resolver o lance de vocês.

 

Sou o conselheiro deste site, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

comentários
  • Avatar

    Liliam…acho q vc só está com o ego ferido pq ele “não come mais na sua mão”, pq saiu do seu controle… e só um capricho…e os homens precisam ter o tempo deles de garanhões… ainda mais ele q deve ser novinho tbm…ninguém quer um homem passivo, bem mandado…bom… eu pelo menos prefiro os do estilo “macho alpha”…
    O q tiver q ser…será… viva sua vida…o mundo é redondo… quem é feliz irradia felicidade, luz e beleza….isso com certeza o atrairá… Bjos, boa sorte…tira esse menino da cabeça por enquanto e vai estudar!!!

     
    11 de abril de 2016
  • Avatar

    ”me fez de idiota que nem eu tinha o feito um dia”
    Pra mim basta, amiga. A frase é sua e explica tudo. Portanto não reclame e saiba sair de fininho da situação, porque você reconhece o seu erro e para certas coisas, minha linda, não tem volta.
    Lamento.

     
    29 de março de 2016

Deixe um comentário