cara errado

Me relacionei com o cara errado e estou sofrendo

Pergunta: Sinceramente não sei mais como agir. Juro, tentei muita coisa, mas às vezes acho que é simplesmente “CARMA”, sabe aquela coisa que as coisas voltam??? VOLTAM EM DOBRO MEU AMIGO, voltam mais ou menos para mim, em torno de uns 4 anos. Isso ai, a idiota aqui tá na tentativa de dar certo há 4 e longos anos. Bom, sabe o cara legal? Passaram muitos ao meu redor, nunca levei a sério, sabe o cara ruim? Fiquei amiga, de verdade, amigos ao ponto de compartilharem conselhos, segredos, e até arranjar alguém para o outro, eu sempre arranjava a amiga gostosa, e ele o amigo gato. Não sei ao certo onde me perdi, mas a questão é que me afundei ao ponto de perder o controle.

Não entenda errado, não agora, não fui a trouxa no começo, ELE sim, ele veio de todas as maneiras demonstrar algo. Eu?! Fui a otária da história. Depois? Depois retornamos ao “normal”, eu tentando ser a mesma de antes, a amiga. Ele?! O amigo, porém muito P%TO, BRUTO e dentre outras categorias semelhantes. Eu me apaixonei! Daí, a trouxa apareceu, e bom… permaneceu. Não pense que me apaixonei pela ignorância, bom, faz parte do pacote. Mas, me apaixonei pela falta do carinho que ele havia alterado, pelas ironias diárias, pelos momentos mais improváveis e perfeitos que simplesmente aconteciam, entre a gente, são muitos momentos.

Me vi vendo cenas, as quais me cortaram o coração muitas muitas vezes, mas aguentava, já sabia que nada daria certo, era fato. Eram todos a favor, pelo menos uma vez se permita sentir, permita saber, saber como é gostar de alguém que goste de você (uma pessoa me disse). Fui e contei tudo, ele foi o mais perfeito do mundo, mesmo falando NÃO, me respeitou até o último momento, a justificativa? MEU IRMÃO, seu melhor amigo, ele não poderia passar por tal situação. Mas é, destino FDP, nos fez nos encontrar em cada situação, ficamos e ficamos, e ficamos e ficamos, e ficamos…. Me apaixonei mais ainda, mas ele namora. ELE, NÃO NÓS, ELE! E eu? Morro por dentro mais uma vez. EU? Dei uma chance a uma das melhores pessoas que passou pela minha vida! 10 meses, tentando não pensar nele, 10 meses com o cara perfeito, 10 meses tentando mudar meu jeito; marrento, emburrada, grossa, irônica, irritada, desbocada; sabe o por que? Era tudo isso que ele gostava em mim. O cara perfeito? Queria mais, eu era a menina perfeitinha, mas que não conseguia dialogar, discutir…

Confesso, não entendia, ele gostava dos defeitos, que eu tentei esconder; sabe o dialogo? Tinha todas as vezes na minha mente, o xingamento, gritaria; por isso ficava quieta, pra não discutir, mas… ESQUECE! Ele terminou; chorei como nunca antes, POR ELE, deve pensar, né?? Não mesmo, sem ele não teria motivo pra estar longe de quem eu queria, sabia que não podia ficar com ele por que tinha alguém a respeitar, isso pesava ainda mais, me fazia permanecer longe, e agora? Ele me teria fácil demais. Sabe o que é alguém que você goste chorar por outra pra você, e pedir pelo amor de DEUS pra ajudá-lo? Eu sei! Alguém precisar de conforto no teu abraço, e te falar as coisas mais perfeitas por pura carência? EU SEI! E eu tive diante disso tudo e ainda mais um pouco, o ajudando, e dizendo não, pelo meu namorado perfeito, que o qual agora, havia desistido de mim. Sabe o que é? Nunca consegui desistir DELE, o cara errado, mesmo com outro, quando ele precisava, eu estava ali por ele.

Sei que já falei defeitos demais, e que deve achar que sou doida, mas ele me faz me sentir como realmente nunca me sinto: perfeita com todos os meus defeitos. Ele me permite ser quem eu quero a todo momento, ele me faz rir das coisas mais absurdas, e seu sorriso, me transmite uma paz infinita, mas não mais que seu abraço. Tentamos dar certos INÚMERAS VEZES, mas ele sempre cometia algo idiota. Até um dia que ficamos distante, por que perto saia faísca, sabe aquele momento que você vai pra bater e gritar, e de repente se ver nos braços de alguém, então ¬¬’ SEM MAIS.

Bom depois de um tempo ele veio me pedindo desculpa e me falando coisas perfeitas, tentamos novamente, veio dando certo, ISSO MESMO, VEIO DANDO, mas o deixei de lado, por dias. Mas não por alguém, mas por causa dos meus estudos, e ele não entendeu. Um erro, de inúmeros dele que perdoei, mas um meu, BASTOU. Ele encontrou outra, e me disse isso, que ela tinha um companheirismo sem igual, mesmo quando ele não queria, ela estava presente, terminou comigo. Estão juntos! ATÉ HOJE! Há 6 meses juntos desde julho. E eu e ele? Estávamos desde de junho até novembro. Isso mesmo, eu e ela, ele estava. E ele decidiu finalmente por uma, ELA. Mulher de 30 anos, com uma filha de 15. EU? uma menina de 20. ELE? um cara de 19 anos. Eu? Morrendo por dentro novamente, eu? Ainda estou aqui por ele, quando ele precisa. Eu? Trouxa, eu? Nem consigo ficar com alguém, eu? Me sinto bem só em saber que a gente ainda conversa. ele? Indo pros EUA. eu? Desesperada por dentro. Eles? JUNTOS, apesar da distância, eu? Nem tento me permitir a conhecer alguém, eu? Apaixonada por ele. Eu? TROUXA.

Mas sabe a parte de estar presente? Estive na graduação da faixa azul no jiu-jitsu dele, assisti cada luta de treinamento para cada campeonato, estive em todos; estive presente no primeiro emprego quando conseguiu, torci como louca. Estive presente no enterro de seu avô, me cortou o coração vê-lo assim, estive presente consolando sua família, e todos os dias ao seu lado, o fazendo rir sem pensar em tal tragédia; estive presente quando decidiu ir para os EUA, e o dei força a continuar, era seus estudos por mais que me machucasse. EU? Desejo felicidades ao namoro, e que permaneçam juntos, ele está rindo como nunca o vi antes. Eu? Só espero esquecê-lo, mas não me imagino o perdendo. Tento esquecer juro, já o tirei de tudo, mas ele dá um jeito de falar comigo, e daí retorna tudo.

Por favor, me mande algo que me conforte, isso é um tormento, e meu coração não aguenta mais nada. Sou um gelo quando trata-se de qualquer outro. Mas, sou a mesma trouxa, por favor me ajude.

 FT, 20 anos.


Resposta: Olá, querida FT. Antes de tudo, o tamanho da sua pergunta já reflete o grau do seu desespero amoroso. O  amor é uma coisa muito engraçada, quando a gente menos espera, ele nos pega de surpresa e de uma forma avassaladora. Às vezes, parece um tornado, sai destruindo tudo dentro da gente. E quando vem desse jeito, é muito difícil da pessoa se recompor. 

Mas, sabe o que se chama tudo isso? De vida! Isso mesmo, ela faz com que a gente experimente e passe por cada tipo de situação. Só que tudo tem um único propósito: o amadurecimento. Sim! Parece um absurdo! Entretanto, quando conseguimos driblar esses problemas, mostramos que amadurecemos. E você é muito jovem! É mais do que natural passar por isso e ainda mais, que os jovens tendem a ter aquelas paixões mais intensas,

Nada disso é o fim de tudo, e sim, o começo de um novo aprendizado e de novas experiências. O amor tem que acontecer de ambos os lados! Não conseguimos amar sozinho. O amor é diferente da paixão. Paixão passa, o amor fica! O amor exige cumplicidade, companheirismo, cuidado, carinho…

Acho que na sua situação, já que você nunca resiste ao ‘cara errado’, tenta cortar o contato em definitivo. Tenta se distrair com algum hobby, faça qualquer coisa legal que ocupe a sua cabeça. Evite ficar sem fazer nada, pois a mente parada, muitas vezes é o nosso pior inimigo. E nada como o tempo, para curar e ensinar.

Espero ajudar.

 

Sou o conselheiro deste site, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

comentários
  • Avatar

    Nossa FT…espero q já tenha esquecido esse cara…vc quase escreveu um livro…
    Acho q só o tempo p acalmar nossos corações… espero q esteja com uma pessoa boa q te faça feliz…
    Coração… não se controla…há se pudéssemos escolher a quem amar…acho q por saberem q o coração é indomável, os antigos(além de outros interesses) faziam os acordos de casamento com os filhos pequenos e os casavam ainda em tenra idade.. para se acostumarem com seus cônjuges…(é só suposição… não pesquisei). Bom…não sei se tenho alguma coisa a acrescentar… só sei q tbm mto chorei…implorei…e desesperadamente procutei na internet..pq alguem no mundo tinha q saber a resposta para o meu sofrimento..entao…achei o site (por sorte foi o primeiro q apareceu)…fiz mtas perguntas…escrevi mtas lamentações… e acho q o conselheiro já deve estar pulando meu n°…mas…é ele quem me fortalece com seus conselhos e me ajuda a superar esta tragédia amorosa, somente ele me entende..é o único amigo q posso contar..acho q se não fosse por ele ainda estaria implorando pelo amor de uma pessoa q não me merece…Estava no fundo do mar sombrio das tristezas e o conselheiro me resgatou…serei eternamente grata…
    Saber q ele está do outro lado me deixa segura e convicta para enfrentar os meus sentimentos e a pessoa q não me quer mas q tbm não me liberta…

     
    4 de maio de 2016

Deixe um comentário