nojo de beijo de língua

Tenho nojo de beijo de língua. Quem vai querer ficar comigo?

Pergunta: Só tive experiências de ficar quando era adolescente, mais para provar masculinidade. Na fase adulta namorei 3 vezes e nunca gostei de beijar de língua. Beijo, mordiscadas, lábios superiores e inferiores, sugadas… tudo legal demais!

Porém a língua… sempre tive nojo. Sinto vergonha disso, mas detesto a sensação quente e molhada de uma língua na minha boca. Pior ainda se for áspera ou tiver gosto diferente da minha própria boca.

Teve uma vez que fiz vômito na frente da minha namorada daquela época, então faz 3 anos que não namoro.

Não sinto a menor necessidade de beijar, como vejo alguns comentando. Sinto falta de sexo, mas não sou adepto da prática fora de um relacionamento sério.

Enfim, fico pensando… Quem vai querer ter um compromisso sem beijar de língua? Fica chato falar nisso de cara, já que uma das primeiras expectativas é o beijo!

Breno, 29 anos.


Resposta: Caro leitor, é completamente compressível a sua preocupação. Mas, antes, o ideal seria você se conhecer melhor e tentar entender os motivos que te levam a ter nojo de beijo de língua.

E para isso isso, o ideal seria que você buscasse a ajuda de um profissional psicoterapeuta. Pois, ele irá ajudá-lo a te entender melhor e vai analisar se precisa ou não trabalhar nessa questão que tanto lhe preocupa.

A partir daí, vai ser mais fácil lidar isso e a ter menos preocupações em se relacionar com alguém. Os grandes segredos da vida são o autoconhecimento e o amor próprio, se você buscar ferramentas para poder conseguir essas coisas, irá evoluir como pessoa e transbordará confiança. Quando chegamos nesse patamar, tudo ao nosso redor flui e temos mais facilidades para alcançar os nossos objetivos.

Espero que procure essa ajuda extremamente importante e possa ser feliz consigo mesmo e, quem sabe, com um futuro amor!

 

NOVIDADE: Você precisa de um conselho e tem pressa para uma resposta? Chegou o Conselho Premium, a sua dúvida amorosa respondida em até 72 horas. Saiba como >>

Sou o conselheiro deste site, uma pessoa que enxerga que o amor é a base para uma vida feliz e o alicerce para todas as outras coisas darem certo. Já errei muito na vida amorosa e com os erros vieram os acertos. E por isso, espero poder compartilhar as minhas opiniões, experiências e visões de mundo com você. Para, de alguma forma, poder te ajudar.

Nenhum comentário

Deixe um comentário